Câmara Municipal de São Paulo
Palácio Anchieta - Viaduto Jacareí, 100

11º Andar - Sala 1112 - CEP 01319-900
Tels.: (11) 3396-4264 / 4001 / 4002 / 4003

São Paulo - SP

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
1024px-WhatsApp_logo-color-vertical.svg_

CUT/Vox: PT é disparado o partido mais querido do Brasil

Partido pontuou dez vezes mais na preferência do eleitorado que o PSDB, segundo colocado com apenas 2%. Resultados refletem liderança de Lula com 41%

Foto: Lula Marques

 

Mesmo que avancem os ataques e a retirada de direitos, o povo não esquece qual é o partido que realmente o defende. De acordo com a pesquisaCUT/ Vox Populi, o PT é disparado o favorito dos eleitores e eleitoras do Brasil – e ganha de lavada dos tucanos e do partido dos golpistas.

 

A sigla é líder absoluta no quesito simpatia a partidos, marcando 20 pontos percentuais, enquanto o PSDB e o MDB pontuaram respectivamente 2% e 1%.

 

O sentimento antipetista gestado pelo complô entre mídia, judiciário e os patos verde-amarelos também dá sinais de desgaste. O número de eleitores que se diz indiferentes ao PT (33%) caiu quatro pontos percentuais em relação a maio, enquanto a parcela que diz gostar do PT (27%) aumentou três pontos.

 

Os resultados refletem a liderança de Lula, que segue crescendo mesmo mantido como preso político há mais de 100 dias, e atacado ferozmente por setores do Judiciário e da mídia. Em meio ao circo judicial do habeas corpus no TRF-4, cresceu 5% o número de pessoas que acha que o ex-presidente tem tratamento diferenciado na Justiça: 50% versus 45% na pesquisa feita em maio.

 

Nem os ataques diários conseguem esconder da população que o PT é o partido dos melhores governos da história e que pode fazer de novo. E é por isso que o partido resiste à escalada de injustiças iniciadas com o golpe contra Dilma que culminaram na prisão política de Lula, que segue líder com 41% das intenções de voto.


Governo Temer
A pesquisa traz dados importantes sobre a percepção do povo após quase dois anos de golpe. Quase um terço dos eleitores (69%) afirmaram que a vida piorou desde que Temer tomou o poder. 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload