Total repúdio!

Vereadores Arselino Tatto e Jair Tatto protocolam Moção de Repúdio ao discurso do Deputado Estadual Frederico D'Ávila


22/10/2021


Os vereadores Arselino Tatto e Jair Tatto manifestaram-se contra o lamentável e desrespeitoso discurso proferido pelo deputado estadual Frederico D'Ávila (PSL)o dia 14 de outubro na tribuna da Assembleia Legilsativa de São Paulo.


Na ocaisão, o deputado atacou de forma caluniosa o Papa Francisco, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e o Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes.


O discurso de ódio do parlamentar foi veemente repudiado e os vereadores fizeram uma moção em conjunto, protocolada na última sexta-feira (22/10) - Moção 67/2021 - para tornar claro o posicionamento contra a intolerância e a atitude de D'Ávila, especialmente ao referir-se à Igreja Católica que historicamente e mundialmente é uma das instituições mais empenhadas na defesa dos vulneráveis, na promoção da paz e da justiça social.


"Sou católico e frequento à missa desde criança, uma tradição que aprendemos na família com os meus amados pais. Graças a eles eu conheci Padre Pegoraro que foi um grande mestre e me ensinou muito sobre lutar por justiça social, defender qem mais precisa e acima de tudo manter o diálogo respeitoso mesmo quando há diferenças, por isso, o discurso do deputado me chocou e me entristeceu muito, eu não poderia deixar de me manifestar a respeito", declarou Arselino Tatto.


Na moção, Arselino e Jair Tatto prestam ainda solidariedade aos fieis da Igreja Católia, ao Papa Francisco, à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e ao Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes.